Setembro Amarelo, entenda a campanha do mês de prevenção ao suicídio

0

Mês dedicado a conscientização deste problema, também da destaque aos centros que oferecem ajuda

O Setembro é o mês mundial de prevenção do suicídio, chamado também de Setembro Amarelo. O assunto que já foi um tabu muito maior, ainda enfrenta grandes dificuldades na identificação de sinais, oferta e busca por ajuda, justamente pelos preconceitos e falta de informação.

A data é organizada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e tem a Organização Mundial da Saúde (OMS) como co-patrocinadora. O objetivo do dia é conscientizar as pessoas ao redor do mundo que o suicídio pode ser evitado.

Em ação desde 2015, o Setembro Amarelo foi criado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Durante o mês, monumentos em diferentes cidades também adotam a cor amarela em suas fachadas para dar visibilidade à causa. A cor amarela, segundo o site do CVV, representa a vida, a luz e o sol, simbolismo que reflete a proposta da campanha de preservar a vida.

Segundo a OMS, mais de 90% dos casos de suicídio estão associados a distúrbios mentais e, portanto, podem ser evitados se as causas forem tratadas corretamente. No Brasil, 32 brasileiros tiram a própria vida por dia, o equivalente a uma pessoa a cada 45 minutos. No mundo, ocorre um suicídio a cada 40 segundos. Por isso, ações preventivas são fundamentais para reverter essa situação.

O CVV aposta na educação e na conversa aberta sobre suicídio. “É preciso perder o medo de se falar sobre o assunto. O caminho é quebrar tabus e compartilhar informações”, defende o movimento em seu site.

BUSQUE AJUDA

No Brasil, o CVV oferece atendimento voluntário e gratuito 24 horas por dia a quem está com pensamentos suicidas ou enfrenta outros problemas.

“Mesmo que você não tenha certeza de que precisa de nossa ajuda, não tenha receios em entrar em contato com a gente. Um de nossos voluntários estará à sua disposição”, explica a equipe do site.

A organização, uma das mais antigas do País, atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio por meio do telefone 188 e também por chat, e-mail e pessoalmente. Confira as opções aqui.

Fonte: Estadao / CVV
Banner: Carina Yano

#PraCegoVer – Banner com uma ilustração de um homem e um ursinho de mãos dadas com um letreiro a cima escrito: “juntos somos mais fortes”, no canto superior direito, uma ilustração de um aperto de mão com uma frase “não tem problema em pedir ajuda” e um balão em baixo com a seguinte frase “você é mais forte do que parece” – todos os itens em amarelo

Artigo anteriorVice-prefeita e secretário de Mundo Novo participaram de plano de trabalho em Saúde integrada para Mundo Novo, Salto del Guayrá e Guaíra
Próximo artigoEleição para nova diretoria da Associação dos Produtores do Assentamento Pedro Ramalho em Mundo Novo, aconteceu no último sábado (31)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui