Nove municípios recebem o Selo Social Prefeitura Amiga da Mulher

0
Municípios recebem o Selo Social Prefeitura Amiga da Mulher

Em reconhecimento as práticas inovadoras desenvolvidas por 9 municípios na área do enfrentamento à violência contra à mulher, o Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, concedeu o Selo Social Prefeitura Amiga da Mulher a 11 projetos selecionados, durante solenidade de lançamento da campanha Agosto Lilás.

O Selo foi criado por meio do Decreto nº 14.961, de 8 de março de 2018. Com a premiação, o Governo fomenta a discussão sobre a necessidade de os agentes públicos desenvolverem políticas públicas de combate aos preconceitos e discriminações contra mulheres e meninas.

Além disso, o Estado incentiva o associativismo, o cooperativismo e o empreendedorismo, considerando as especificidades e as potencialidades dos municípios.

“Criamos o Selo com a intenção de conhecer as iniciativas, as boas práticas dos municípios do interior nas ações de enfrentamento à violência e incentivo ao empreendedorismo feminino e também no empoderamento, porque as vezes os projetos são maravilhosos e ficam lá, apenas no município, com o Selo Prefeitura Amiga da Mulher, a gente divulga, noticia e troca experiências entre as gestoras”, explica a Secretária Estadual de Cidadania, Luciana Azambuja.

A seleção das propostas desenvolvidas pelas prefeituras municipais, foi realizada por um Comitê Julgador, formado por representantes, dos seguintes órgão: Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres; Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul; Conselho Estadual dos Direitos da Mulher; Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul; Ministério Público do Estado do Mato Grosso do Sul; Universidade Federal do Mato Grosso do Sul; Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Mato Grosso do Sul; Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul).

Nesta segunda edição foram 11 projetos selecionados de 09 municípios.  Sendo que três destes receberam o “Selo Destaque”, são eles: Projeto Acalento de Dourados, Centro de Inclusão Produtiva – CIP Urbano de Juti e Paineira Rosa de Rio Verde de Mato Grosso.

Um dos idealizadores do Projeto Acalento, o médico legista Guido Vieira, explica que o projeto proporciona que todos os atendimentos a vítimas de crimes sexuais sejam feitos no hospital, desde a assistência à saúde até o Boletim de Ocorrência e as perícias.

“O atendimento completo no hospital tem grandes vantagens, tanto para o paciente quanto para a equipe multiprofissional envolvida no cuidado, pois reflete sobre a vítima uma sensação de acolhimento e aumenta as chances de resolução do caso, com a punição do autor”, esclarece.

Confira o resultado do Selo Social prefeitura Amiga da Mulher 2019

SELO DESTAQUE

Projeto Acalento – Dourados

Projeto Centro de Inclusão Produtiva – CIP Urbano – Juti

Projeto Paineira Rosa – Rio Verde de Mato Grosso

SELO SOCIAL PREFEITURA AMIGA DA MULHER

Projeto – Casa da Mulher Brasileira – Campo Grande

Projeto – Selo Compromisso com a Igualdade de Gênero/CIG – Campo Grande

Projeto – Vivência de Mulheres- Nioaque

Projeto Derrubando as Muralhas do Medo. Juntos Somos Mais Fortes – Nova Andradina

Projeto – 2º Festival de Talentos Femininos – Ponta Porã

Projeto Roda de Conversa com Movimento de Mulheres Camponesas – Assentamento Itamarati – Ponta Porã

Projeto Mapeamento da Violência Doméstica uma Articulação com a Rede Municipal – Sidrolândia

Projeto Mulheres Indígenas Empoderadas -Tacuru

Artigo anteriorServidores municipais participam de curso de capacitação “Controle Interno” na Assomasul
Próximo artigoPrefeito Valdomiro em Campo Grande, participando de seminário anticorrupção no Tribunal de Contas do Estado de MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui