Amambai – No mês de Luta Contra as Hepatites Virais a Secretaria de Saúde reforça atuação

0

O último domingo, 28 de julho, foi marcado pelo Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais. Grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo, a hepatite é a inflamação do fígado e pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são as causadas pelos vírus A, B e C. Existem, ainda, os vírus D e E, esse último mais frequente na África e na Ásia. Milhões de pessoas no Brasil são portadoras dos vírus B ou C e não sabem.

A evolução das hepatites varia conforme o tipo de vírus. Os vírus A e E apresentam apenas formas agudas de hepatite (não possuindo potencial para formas crônicas). Por outro lado, as hepatites causadas pelos vírus B, C e D podem apresentar tanto formas agudas quanto crônicas de infecção.

As hepatites virais são doenças de notificação compulsória, ou seja, cada ocorrência deve ser notificada por um profissional de saúde. Esse registro é importante para mapear os casos de hepatites no país e ajuda a traçar diretrizes para as políticas públicas no setor.

Para prevenir a doença ou até mesmo diagnosticá-la, em Amambai existem algumas opções oferecidas através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), entre elas a vacina para Hepatite B e os testes rápidos para as Hepatites B e C que são ofertados em todas as Unidades Básicas de Saúde.

Se sentir fadiga, náusea, dor ou desconforto abdominal, perda de apetite, febre baixa, urina escura ou notar o amarelamento da pele e dos olhos procure imediatamente um Posto de Saúde!

Fonte: Bruna Corrêa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui