Após cortes para comissionados, servidores do TJMS terão 2,1% de reajuste

0
Deputados fizeram sessão extraordinária para aprovar reajuste (Foto: Luciana Nassar/ALMS)

Os deputados estaduais da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) aprovaram em duas sessões realizadas nesta quinta-feira (30) o reajuste de 2,1% para os mais de 4 mil servidores ativos e inativos do TJMS (Tribunal de Justiça).

O projeto foi aprovado em primeira votação por 16 votos. Marçal Filho (PSDB) pediu sessão extraordinária para aprovação em segunda, a tempo hábil dos servidores receberem o reajuste no pagamento de junho.

O índice, segundo projeto encaminhado pelo próprio Tribunal, concede apenas o índice inflacionário do período. O reajuste é concedido apenas aos servidores do judiciário, não se estendendo aos desembargadores e nem aos juízes.

O deputado Capitão Contar (PSL) disse ser favorável ao reajuste. “Ontem eu defendi a incorporação do abono no salário dos servidores e hoje sou favorável ao reajuste dos servidores do judiciário”, declarou, lembrando que não há impacto direto no orçamento estadual.

Isso porque é feito repasse de duodécimo aos Poderes, uma parte do orçamento do governo que é administrada diretamente pelo Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública. Agora, o texto segue para sancionamento do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Artigo anteriorVários eventos durante todo o ano trazem retorno para Mundo Novo em vários setores
Próximo artigo5ª rodada da Copa Assomasul será neste sábado em Maracaju

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui