Assistência Social atuou no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

0

“…Quem Fica em Silêncio Permite a Violência”, diz folheto do Disque 100

No último sábado (18) a secretaria municipal de Assistência Social realizou ato na Avenida JK, defronte a igreja Católica Matriz. Também encontramos servidor entregando panfletos na Avenida Campo Grande.

A data de 18 de Maio foi instituída em 2000, com base no crime da menina Araceli. A criança de 8 anos, de Vitória (ES), foi raptada, drogada, violentada, morta e carbonizada por jovens de classe média da cidade, que nunca foram punidos.

PORNOGRAFIA

Pode ser categorizada tanto como uma forma de abuso quanto de exploração sexual comercial. Mostrar material pornográfico à criança ou ao adolescente é considerado um ato de abuso sexual.

Contudo, levando-se em consideração que, na maioria das vezes, o objetivo da exposição da criança ou do adolescente é a obtenção de lucro financeiro, a pornografia deve ser compreendida como exploração sexual comercial.

ABUSO SEXUAL

É a utilização da sexualidade de uma criança ou adolescente para a prática de qualquer ato de natureza sexual. O abuso sexual é geralmente praticado por uma pessoa com quem a criança ou adolescente possui uma relação de confiança e que participa do seu convívio.

Essa violência pode se manifestar dentro do ambiente doméstico (dentro da família) ou fora dele (fora da família), podendo se expressar de diversas maneiras.

Texto: Assistência Social e Jandaia Caetano
Fotos: Ademar Silveira e Jandaia Caetano

Imagem de parte da equipe da Assistência Social na JK e do servidor Marcos visitando o comércio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui