Assassino dormiu com corpo de namorada que esganou em Sidrolândia

0

Paulo Eduardo dos Santos de 18 anos preso pelo assassinato de Jheniffer Cáceres de Oliveira, 17 anos, teria dormido na cena do crime junto ao corpo depois do assassinato. O crime aconteceu na última sexta-feira (29), e Paulo foi preso nesta segunda-feira (1º), em Sidrolândia.

Segundo a delegada Thais Duarte, Paulo teria esganado até a morte Jheniffer, após uma discussão do casal. A vítima durante a discussão se apossou de uma faca e desferiu golpes na mão dele, ombro e rosto, quando ele a dominou e esganou.

A delegada disse ainda que durante o depoimento o rapaz não mostrou arrependimento, além de mostrar frieza. Paulo pretendia esconder o corpo da namorada, mas acabou desistindo e se entregando a polícia, segundo o site Região News.

Foi feito o pedido da prisão preventiva dele pela delegada, que cuida do caso. “Ele simplesmente manteve o corpo da vítima embrulhado em um cobertor, e agiu normalmente como se nada tivesse ocorrido”, disse a delegada.

Paulo chegou a ir para o trabalho como se nada tivesse acontecido. O rapaz disse que após o crime, trancou a quitinete onde morava com a jovem e ficou perambulando pela cidade. Nesta segunda, ele retornou ao local e com uma coberta, enrolou o corpo, por causa do mau cheiro. Depois, o suspeito contou o crime a uma vizinha e afirmou que se entregaria.

Ele não se entregou e foi para o trabalho. A dona do imóvel repassou o número do rapaz para a polícia, que conseguiu contato com o suspeito, que acabou preso.

Fonte: MidiaMax

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui