Douradão não será liberado este ano; Sete reclama

0
Palco de grandes decisões, estádio ficará sem receber jogos do time profissional na reta final do Estadual (foto: Divulgação)

As esperanças do Sete de Dourados em contar o estádio Douradão ainda neste Campeonato Estadual terminaram nesta quarta-feira (27). Uma reunião entre representantes do Ministério Público, prefeitura e Corpo de Bombeiros selou a necessidade de obras para o estádio e não há prazo para iniciar.

O Gazeta MS ouviu fontes ligadas a administração pública que relatou que o estádio não poderá mais ser liberado de forma parcial e somente integral. Para isso, deverá ser realizado um levantamento do que será preciso modificar através de projetos como na parte elétrica e acessibilidade e somente depois haverá uma projeção de custos e solicitação de licitação por parte da Secretaria de Obras. Mas nem a primeira etapa tem um cronograma definido.

Sem poder contar com “sua casa” para mandar jogos, o Sete de Dourados protestou através de seu gestor-presidente nas redes sociais.

“Futebol em Dourados só amador! Quando falei que não jogaria no Douradão eu já sabia da armação para o clube não jogar lá, na verdade a interesses para acabar com o time da cidade”, escreveu Tony Montalvão.

O gestor já havia se pronunciado na quarta-feira sobre os jogos do Sete no Estadual. “Comunicar aos torcedores e amigos do 7 de Setembro que o time mandou seus jogos no Estádio Chavinha em Itaporã, até agora não existe nada de jogar no Estádio Douradão. Então nossa casa é o Chavinha”, postou.

O Sete volta a campo no domingo justamente em Itaporã no jogo da volta das quartas de final contra o Costa Rica. Após vencer por 2 a 0 a ida, o time douradense entra podendo até ser derrotado por dois gols de diferença que ficará com a classificação para a semifinal.

Fonte: GazetaMS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui