URSO perde para Comercial em jogo parelho

0

Entrevistas (acima) com atacante Peixinho (URSO), lateral Felipe Azavedo e goleiro Rodolfo (Comercial), além dos técnicos Pedro Caçapa (URSO) e Mário Tilico (Comercial)

Jandaia Caetano (Texto)

Bruno Leal (Imagens, fotos e reportagem)

Em uma partida bastante parelha o URSO de Mundo Novo perdeu a sua invencibilidade no campeonato estadual de Futebol Série A de MS. A derrota, pelo placar mínimo, foi um duro golpe para um jogo equilibrado e encaminhado, minimamente, para um empate.

O 1º tempo foi de equilíbrio, mas a melhor chance foi do Comercial, com Erthal, que de cabeça, livre no meio da área, tentou encobrir Diego, mas jogou a bola nas mãos do goleiro ursolino. Esta jogada saiu aos 29 minutos. Ao final desta etapa, o zagueiro Mário (URSO) e o meia Hyago (Comercial) conversaram com repórter Bruno Leal (click e veja https://www.youtube.com/watch?v=Xcj56BJucvU

No 2º tempo, o URSO comandava o jogo e teve uma ótima oportunidade com o zagueiro Mário, após cobrança de falta de Rancharia. Sozinho, no meio da área ele cabeceou para fora. No minuto seguinte Danilo recebeu no meio-campo, ganhou de Bruno e enfiou linda bola para Renato Maceió fazer: 1×0. O URSO atacou até o final da partida, mas não conseguiu chance clara de gol para empatar o jogo e conheceu sua primeira derrota.

Comercial – Rodolfo, Juninho Pavi, Gelson Lins, Erthal e Felipe Azevedo; Fernando Prado, Danilo e Hyago; França (Aglaucio aos 38 do 2º tempo), Lucas Dronov (Ryan no intervalo) e Renato Maceió (Fabinho aos 33 do 2º tempo). Técnico: Mário Tilico.

URSO – Diego, André, Leandro, Mário e Luiz Claúdio; Rilber, Luiz Renato, Bruno (Guilherme aos 39 do 2º tempo) e Wesley (Junior Paranhos aos 30 do 2º tempo); Rancharia e Peixinho. Técnico Pedro Caçapa.

Números:

Público – 218;

Pagantes – 129;

Renda: R$ 1.640,00

1º Tempo – Produção de jogadas ofensivas com mais perigo: Comercial 7×4 URSO. Chance clara de gol: Comercial 1×0. Resultado: 0x0;

2º tempo, até o 1º gol (24 do 2º) – Produção de jogadas ofensivas com mais perigo: Comercial 1×5 URSO. Chance clara de gol: Comercial 0x2;

2º tempo (Total) – Produção de jogadas ofensivas com mais perigo: Comercial 3×8 URSO. Chance clara de gol: Comercial 1×2 URSO. Resultado: Comercial 1×0 URSO;

Total no jogo: Produção de jogadas ofensivas com mais perigo: Comercial 10×12 URSO. Chance clara de gol: Comercial 2×2 URSO. Resultado: Comercial 1×0 URSO.


    Notas aos atletas e técnicos:

Comercial:

Rodolfo – O experiente goleiro fez mais uma partida segura, apesar de não ser muito exigido. Nota 6,0;

Juninho Pavi – Partida pacata. Não complicou atrás. Nota – 6,0;

Gelson Lins – Com o adversário tendo apenas um atacante, teve pouco trabalho. Nota – 6,0;

Erthal – Jogou de zagueiro na 1ª etapa e de volante na 2ª. Perdeu ótima chance no 1º tempo. Nota – 6,5;

Felipe Azevedo – Mais uma partida tímida, ofensivamente, do lateral-esquerdo do Comercial no campeonato. Nota – 6,0;

Fernando Prado – Começou como volante, como o típico jogador na frente da defesa. Só. Nota – 5,5;

Danilo – Se destacou pelo belo passe do gol e um pouco de lucidez no meio-campo comercialino. Nota 6,5;

Hyago – Deslocado de atacante pelo extremo para meia, não conseguiu repetir o mesmo futebol dos outros jogos. Nota 6,0;

França – Fez uma partida regular. Nota – 5,5;

Lucas Dronov – Outro com pouca luz no ataque colorado. Nota – 5,0;

Renato Maceio – Melhor do Comercial em campo, foi premiado com um gol aos 24 do 2° tempo. Se movimentou bem e fez boas jogadas. Nota – 7,0;

Entraram:

Ryan – Entrou no meio-campo no lugar de um atacante e fez bem o seu papel. Nota – 6,5;

Fabinho – Substituiu o melhor do Comercial em  campo, e em 19 minutos não deixou a sua marca. Nota 5,0;

Aglaucio – Entrou no final da partida e ajudou sua equipe a manter o placar> Nota 5,0;

Técnico Mário Tilico – Com um elenco desfalcado – o centroavante Leo Mineiro e o meia Paulo Roberto se desligaram do clube – conseguiu uma vitória importante sobre um adversário direto. Nota – 7,0.


URSO:

Diego – Mostrou a mesma deficiência nas saídas de gol em duas oportunidades, mas fez a sua partida mais segura. Nota – 6,5;

André – Após o jogo ruim em Aquidauana, conseguiu fazer uma boa partida. Nota 7,0;

Leandro – Outro bom jogo na zaga. È opção para continuar por ali. Nota – 7,0;

Mário – Outra partida consistente. Teve a bola do jogo. Nota 6,5;

Luiz Claúdio – Fazia uma partida boa atrás e na frente. Poderia ser o melhor do jogo, mas aí falhou no gol. Nota – 5,0;

Rilber – Melhor do time na partida. Teve começo, meio e fim com tranquilidade, cadência e visão a frente da defesa. Nota 7,0;

Luiz Renato – Foi bem na partida, caindo de produção só no final do jogo. Nota – 6,5;

Bruno – Ao contrário das outras partidas, não fez um bom jogo. Errou alguns passes e conduziu demais a bola. Nota – 5,5;

 Wesley – Vem crescendo fisicamente e ocupa uma faixa intermediária do campo. Contribui, sem destaque. Nota 6,0;

Rancharia – Foi o que mais se movimentou e o que mais tentou. Nota 7,0;

Peixinho – Outro que normalmente faz grandes jogos e que não foi o caso desta quarta-feira. Nota 6,0.

Entraram:

Junior Paranhos – Entrou aos 30 do 2º tempo para bagunçar a defesa adversária. Não conseguiu. Nota 5,0;

Guilherme – Com pouco tempo, pouco pode fazer. Nota 5,0;

Técnico Pedro Caçapa – Faltou ousadia após levar o primeiro gol, mas no geral foi na média. Nota – 6,0.


Apoio na realização da matéria:

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO HUMANAS E EXATAS (Fahe Fac) – Três cursos presenciais e mais de 40 à distância pela Cruzeiro do Sul (Matrículas abertas – Agende o seu Vestibular);

SICREDI, Gente que Coopera Cresce! Crédito Consignado para funcionário público municipal e estadual com taxas baixíssimas;

PESQUE PAGUE BUSCAPÉ – Sob Nova Direção, reabre no próximo dia 25.

Artigo anteriorReinaugurado, Pesque Pague Buscapé teve final de semana de muito movimento
Próximo artigoNovo e União empatam em jogo eletrizante, com jogador expulso antes do jogo começar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui