Adolescente de 13 anos confessa crime e diz que matou a avó após discussão

0

O adolescente de 13 anos que matou a facadas a avó, Cirlene Oliveira, 49 anos, na tarde de ontem (11), na Vila União em Itaporã, distante 227 quilômetros de Campo Grande, contou à polícia que cometeu o crime após discutir com a vítima.

Conforme o delegado Rauali Kind Mascarenhas, a discussão começou após o garoto pedir para a avó o deixar morar com o pai. “O autor pediu para ir a Dourados morar com o pai e ela não deixou. Eles discutiram e os dois se agrediram. Em seguida, segundo relatos do adolescente à polícia, ele se apossou de uma faca e acertou a vítima”, disse o delegado.

As investigações seguem em estágio inicial e testemunhas serão convocadas para depor nos próximos dias. Ainda conforme o delegado, não há registro policial contra o adolescente, porém, testemunhas afirmaram que os dois viviam discutindo. “Ela era bastante rígida em questão do garoto sair para a rua, mas nada fora do comum”, comentou.

O adolescente se entregou à polícia logo após o crime. A faca usada no homicídio foi apreendida no local. O corpo da vítima foi encontrado na cozinha da casa onde vivia com o neto. Ele foi apreendido em flagrante e vai responder por ato infracional equivalente a homicídio. O corpo de Cirlene está sendo velado nesta manhã na Capela Municipal Menino Jesus. O horário do sepultamento ainda não foi definido. (Com informação do site Dourados News)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui