Série A de MS terá doze equipes em turno único com oito se classificando para as Quartas

0
Estádio Toca do URSO: Prazo para entrega de laudos é para o próximo dia 05
FFMS prejudica o URSO na confecção da tabela; Clube fará 6 jogos fora e percorrerá quase 7 mil quilômetros

Jornal O Liberal – Jandaia Caetano

Na última segunda-feira (19), os clubes e a federação de Futebol (FFMS) se reuniram em Campo Grande para discutir regulamento e tabela para a edição 2019 do Campeonato Sul-Matogrossense de Futebol. Terminada a reunião, foi divulgado que o campeonato seria por pontos corridos, em turno e returno.

No dia seguinte, após consulta a CBF – que teria alegado que o número de rodadas ultrapassou o número permitido para os estaduais -, segundo a FFMS, o departamento de Competições da entidade anunciou novo regulamento e tabela. O Estadual agora será em turno único, com os oito primeiros se classificando para as Quartas de Final e os quatro últimos caindo para a Série B.

Clubes piores colocados que o URSO farão mais jogos como mandantes

Com a nova tabela, é necessário que alguns clubes façam seis jogos em casa e outros façam somente cinco. Até aí tudo normal, se critérios técnicos fossem respeitados. Àguia Negra, de Rio Brilhante, e União, de Campo Grande, ficaram atrás do URSO na classificação do último estadual (o URSO foi 6º, Àguia 7º e União 8º). Mesmo assim estes clubes fazem seis partidas em casa e cinco fora.

Outro fator completamente desprezado pelo departamento de Competições da FFMS é a questão geográfica. Nem critério técnico e sequer geográfico, ou de bom senso, foi respeitado. O fato de termos quatro equipes na capital poderia ser preponderante para que estes fizessem cinco jogos em casa e seis fora. Critério parecido para os times da Grande Dourados (Operário, 7 de Setembro e Àguia Negra).

Clube de Mundo Novo percorrerá 6.894 Km; União, da capital, e Àguia Negra, de Rio Brilhante, apenas 1.988 Km e 2.384 Km, respectivamente

Com três equipes brigando pelo acesso à Série A – a Série B está em andamento – fizemos a contabilidade com os favoritos a subirem (Aquidauanense e SERChapadão). O URSO viajaria 6.894 Km, com jogos em Corumbá, Aquidauana, Costa Rica e Chapadão do Sul. Simplesmente os quatro locais mais longe para o time mundonovense. Deixando de conjecturar e lembrando que Corumbaense e Costa Rica já estão na Série A, estranha a posição do departamento de Competições que colocou o URSO para jogar como visitante nos dois municípios.

O União, de Campo Grande, percorrerá 1.988 Km. O Operário, também da capital, 2.030 Km e o Àguia Negra, de Rio Brilhante, 2.384 Km. Ou o referido departamento da federação fugiu das aulas de geografia e matemática, ou é má-fé com o clube do Cone Sul.

Tabela poderá ser mudada até o dia 06; Presidente Gidenal diz que encaminhará ofício por mudanças

Alterações poderão ser feitas até o dia 06 do próximo mês (45 dias antes do início da competição – como rege o Estatuto do Torcedor). O presidente do URSO, Gidenal dos Santos, informou que a tabela assinada pelo representante do clube na reunião, Pedro Caçapa, foi a de turno e returno e que enviará ofício solicitando mudanças na tabela.

Entramos em contato com o diretor do departamento de Competições, vice-presidente Marquinho Tavares, mas não obtivemos sucesso na tentativa. Até o fechamento da nossa edição (quinta-feira, 21, às 13h00) não recebemos retorno.

 

Artigo anteriorBrasil Vidros é Campeão do Veteranos Suíço com vitória sobre os Amigos do Gydenal
Próximo artigoNos pênaltis Academia Evolution/MTB vence AABB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui