Descontrolado, paciente ameaça médico que negou atestado e quebra porta de UPA

0
Homem estaria embriagado

Durante a madrugada desta quarta-feira (22), um homem de 38 anos foi detido e levado para a delegacia depois de ameaçar um médico da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida, em Campo Grande. Ele estaria bêbado.

A enfermeira que estava junto ao médico contou que o autor chegou à unidade de saúde por volta das 2 horas da madrugada desta quarta (22) pedindo para ser examinado, já que teria sido agredido por um motorista de aplicativo.

Foi feita a ficha e o paciente passou pela triagem. Impaciente, disse que queria fazer um raio-x da face por causa das agressões. A enfermeira fez a medição de sua pressão e o autor se recusava a contar o que tinha acontecido.

Após o raio-x, o médico disse a ele que estava tudo bem e que não havia fratura em seu rosto. Quando conversava com o homem foi percebido odor etílico. O paciente, então, pediu um laudo para o médico que o informou que na unidade não era fornecido este documento.

Descontrolado, o autor ameaçou e pediu um atestado ao médico que negou. Momento em que ele saiu da sala de atendimento e quebrou a porta da sala de ultrassom. A enfermeira chamou a polícia que fez a detenção do homem já do lado de fora da unidade.

Artigo anteriorJustiça nega liberdade para oficial da PM preso suspeito de integrar ‘Máfia dos Cigarreiros’
Próximo artigoKombi capota várias vezes após motorista atropelar anta e seis ficam feridos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui