Serviços ‘por baixo dos panos’ do Detran são vendidos na internet; instituição fala em golpe

0

Facilitação em exames teóricos e práticos, troca de categoria, adição de categoria e até anulação de pontos da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Mesmo sendo crime, tudo isso está sendo oferecido por um perfil em grupo de compras e vendas no Facebook.

Em contato com a pessoa que oferece o serviço, que se apresentou na rede social como Bruna Souza, ela foi questionada qual o preço de dois serviços. O primeiro seria para adicionar a categoria A na carteira e o segundo para limpar os pontos de infrações cometidas.

Para adicionar a categoria A ou B na CNH, o perfil cobrou R$ 900 pelo serviço. Questionada se a pessoa teria que fazer as aulas e prova prática para ter a inclusão, o perfil foi claro: não. O serviço demoraria de 15 a 30 dias para ficar pronto.

Já para limpar a pontução de infrações cometidas, o valor poderia de variar de acordo com a crime cometido. Por embriaguez ao volante, por exemplo, o valor cobrado serias de R$ 1,2 mil. Caso fosse por excesso de velocidade, o cliente pagaria R$ 800.

(Serviço oferecido em grupo do Facebook. Foto: Reprodução)

Questionada sobre o risco do caso ser descoberto, a vendedora informou que isso não ocorreria, uma vez que faz o ‘serviço’ seria a mando do diretor do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), Roberto Hashioka Soler.

Segundo o corregedor de Trânsito do Detran-MS, Fernando Villa de Paula, o órgão não tem conhecimento do caso mencionado. Ele também ressaltou que há investigações em andamento sobre a aplicação de golpes aplicados via whatsapp em que os mesmos se utilizam do nome do diretor presidente do Detran. Estes casos já possuem materialização do crime aplicado por terceiros e nada têm a ver com o presidente Roberto Hashioka.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui