Jovem que tentou matar prefeito levou surra e teve dedos decepados em abril

0

O suspeito de tentar matar o prefeito da cidade de Paranhos, Dirceu Bettoni (PSDB), Jefferson do Nascimento Moreira, de 27 anos, fez um boletim de ocorrência denunciando que foi sequestrado por um grupo de quatro homens, levou uma surra e teve quatro dedos da mão esquerda decepados.

Ele procurou a polícia para informar que, no dia 10 de abril deste ano, foi abordado na região central da cidade por quatro pessoas dentro de uma camionete preta que procuravam um homem chamado ‘Paulinho’.

Ele teria sido colocado dentro do carro e foi levado até o lado paraguaio. Quando os ocupantes da caminhonete verificaram seus documentos, descobriram que haviam sequestrado a pessoa errada.

Jovem levou surra e teve dedos decepados em Abril

De acordo com o relato de Jefferson, ele teria sido colocado para fora da caminhonete e passou a ser agredido.

Conforme seu relato à polícia, Jefferson teria perguntado a um dos ocupantes do carro se seria morto naquele lugar. Os acusados disseram que sim e , em seguida, Jefferson teve quatro dedos da mão esquerda decepados. Os criminosos ordenaram que ele não voltasse mais para Paranhos se não iria morrer.

Atentado

O prefeito Dirceu Bettoni sofreu o atentado na noite desta quinta-feira (14) quando chegava em sua residência. Ele foi ferido com três tiros, no maxilar, braço e abdômen. Dirceu foi socorrido e levado para o hospital de Dourados, onde passou por cirurgia e não corre risco de morte.

As câmeras flagraram quando o suspeito se encontra com outra pessoa que está do outro lado da rua, próximo à casa do prefeito. Os dois conversam e, momentos depois, o carro de Dirceu aparece. Após o atentado, o suspeito volta caminhando, tranquilamente A polícia tenta identificar o comparsa do pistoleiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui