Rússia goleia Arábia Saudita na abertura da Copa e sai na frente

0

Com um time mais pesado e voluntarioso, a Rússia goleou a Arábia Saudita, por 5 x 0, na partida de abertura da Copa do Mundo 2018, e saiu na frente no Grupo A da competição. Os dois primeiros gols saíram em rápidas jogadas no primeiro tempo, com gols de Gazinsky e Cheryshev. Dominando a partida desde o início, os russos ampliaram o placar com mais três gols no segundo tempo. Uma cabeçada de Dzyuba, após cruzamento na área. Com bom toque de bola, mas com excesso de passes errados e sem definição no ataque, os árabes continuam sem esboçar muita reação e sem oportunidades claras para diminuir e, principalmente, virar o placar.

Assim, o jogo de abertura da Copa do Mundo 2018 já tem cara de decisão. E de felicidade, afinal os donos da casa demonstraram força frente aos adversários, nesta quinta-feira (14/06), no Estádio Lujniki, em Moscou, para alegria da torcida e, também, do presidente do país, Vladimir Putin, que fez um rápido discurso na cerimônia de abertura do Mundial. Isso porque russos (e, também, árabes) sabem que Uruguai e Egito são os favoritos para as duas vagas nas oitavas de final da competição pelo Grupo A e que uma derrota na estreia poderia acabar com qualquer chance de classificação. A partida foi a primeira a utilizar o Árbitro Assistente de Vídeo (VAR, na sigla em inglês) no torneio.

Os anfitriões abriram o placar logo aos 11 minutos do primeiro tempo. A zaga saudita afastou a bola após cobrança de escanteio, Golovin aproveitou a sobra e cruzou na direção de Gazinsky, que testou no canto e fez o primeiro gol da Copa do Mundo.

Após a explosão de alegria, a preocupação tomou conta da torcida russa. Isso porque um dos principais jogadores da seleção, o meia Dzagoev, do CSKA Moscou, sentiu fisgada na coxa e caiu no gramado. Na sequência, ele saiu de campo, sob aplausos e consolado por companheiros de equipe, e deu lugar a Cheryshev.

Apesar disso, a torcida voltou a gritar gol ainda na etapa inicial. Justamente, por causa do substituto de Dzagoev. Zobnin viu Cheryshev livre e tocou para ele dentro da área. O meia deixou para trás os zagueiros árabes e chutou alto e forte para ampliar a vantagem dos anfitriões. E o terceiro gol saiu quando o jogo estava morno, morno. O lateral-direito brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes iniciou jogada e, após tabela, Golovin recebeu com espaço na entrada da área. O meia cruzou na medida para Dzyuba, que acabara de entrar, subir sozinho e cabecear para o fundo das redes: 3 x 0 para a Rússia!

Em uma jogada genial aquele que saiu do banco Cherysev fez um golaço com a canhota, pegando de trivela do início da grande área sem chances para o goleiro árabe e finalizando o massacre russo o jovem Golovin marca de falta aos 49 minutos. Amanhã Egito x Uruguai brigam para ver quem consegue os três primeiros pontos.

Golovin de apenas 22 anos joga muito, mas Cherysev é o melhor da partida

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui