Rodovias federais registraram três mortes e 19 acidentes no feriadão em MS

0

As rodovias federais de Mato Grosso do Sul registraram três mortes em 19 acidentes de trânsito durante os quatro dias da Operação Proclamação da República, da PRF (Polícia Rodoviária Federal). Os números representam uma redução de mortes e de acidentes em comparação ao ano passado. Entretanto, aumentou em 28% o número de motoristas multados em relação ao ano de 2018.

Conforme dados da PRF, foram 1.699 pessoas multadas neste ano, contra 1.325 em 2018. Entre as multas, foram registradas 258 por ultrapassagem indevida, um aumento de 230% em relação ano feriado do ano anterior.

O número de motoristas presos por embriaguez ao volante foi o mesmo do ano passado: 23. 35 motoristas foram autuados por constatação da alcoolemia, com uso do bafômetro e 13 se recusaram a fazer o teste.

A Operação foi realizada em todas as rodovias federais do Estado, contemplando mais de 3.652 quilômetros de malha viária, divididas em nove Delegacias da PRF e 22 Unidades Operacionais.

Mortes das rodovias

Três óbitos foram registrados em decorrência dos acidentes nas rodovias federais. No sábado (16), um acidente de colisão frontal deixou dois mortos e uma pessoa em estado grave na BR-267, em Nova Alvorada do Sul. A suspeita é de que a condutora do veículo de passeio teria dormido ao volante e atravessado a faixa de sentido oposto. Os dois filhos dela, um menino de 11 anos e uma jovem de 19 anos, gestante, foram a óbito no local.

Já o segundo acidente com vítima fatal, foi no km 343 da BR-060, por volta das 6 horas de domingo (17). O acidente envolveu uma motocicleta que colidiu na traseira de uma caminhonete. O condutor da motocicleta, de 19 anos, foi a óbito no local e o motorista da S10 saiu ileso.

A PRF executou neste feriado o sistema de Indenização por Flexibilização Voluntária do Repouso Remunerado. O sistema permitiu que fossem colocados 137 policiais, que estariam em horário de folga da escala, para atuarem na fiscalização durante o feriado. Os policiais voluntários recebem um valor proporcional a sua remuneração pelas horas trabalhadas a mais, permitindo uma fiscalização mais efetiva durante os feriados e finais de semana.

O novo sistema já vinha sendo testado desde agosto, mas foi implementado de forma expressiva neste feriado de Proclamação da República. A indenização representa um esforço para redução no número de acidentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here