Uefa antecipa uso do VAR e confirma tecnologia já nas oitavas da Champions nesta temporada

0
68

 Uefa decidiu antecipar a implementação do árbitro de vídeo na Liga dos Campeões. A confederação europeia anunciou nesta segunda-feira que o VAR será utilizado na Champions já na atual temporada, a partir das oitavas de final, que serão disputadas em fevereiro do ano que vem.

Desta forma, a entidade altera seu planejamento, que previa o uso da tecnologia na principal competição de clubes do Velho Continente apenas na temporada 2019/20. A decisão havia sido tomada em Setembro, mas foi modificada pelo Comitê Executivo da Uefa, que está reunido nesta semana em Dublin, na Irlanda.

– Estamos prontos para usar o VAR antes do inicialmente previsto e estamos convencidos que será benéfico para as nossas competições, pois será uma ajuda preciosa para as equipes de arbitragem e irá ajudar a reduzir as decisões incorretas – disse o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin.

A Uefa vinha realizando testes com o VAR nos últimos meses e promovendo a formação de seus árbitros para o uso da tecnologia para a revisão dos lances. O árbitro de vídeo também estará presente na Supercopa da Europa, no começo da próxima temporada, e, a princípio, será utilizado na Eurocopa de 2020, na Liga Europa 202/21 e na Liga das Nações a partir de 2021.

Nova competição de clubes

A reunião do Comitê Executivo da Uefa também decidiu criar uma nova competição de clubes: a Liga Europa 2. Com a intenção de envolver mais equipes no universo de torneios organizados pela entidade, a confederação promoverá um torneio nos moldes da Champions e da Europa League, com uma fase de grupos com 32 times, precedida por playoffs com 16 clubes.

O novo torneio terá jogos disputados às quintas-feiras, em 15 semanas ao longo da temporada, e terá início em 2021. O campeão desta competição terá vaga na Liga Europa. A Europa League II fará com que 34 países, pelo menos, sejam representados nas fases de grupos de competições da Uefa.

– A nova competição de clubes da Uefa faz com que os torneios sejam mais inclusivos do que nunca. Haverá mais jogos para mais clubes, com mais federações representadas na fase de grupos. O torneio nasce de um diálogo com a Associação Europeia dos Clubes – disse Ceferin.

O Comitê Executivo da Uefa ainda apontou nesta segunda-feira as sedes para as próximas competições organizadas pela entidade. Portugal abrigará as fases finais da Liga das Nações, do dia 5 ao dia 9 de junho, nos estádios do Porto e do Vitória de Guimarães. A Inglaterra, por sua vez, será palco da Eurocopa feminina de 2021, e Hungria e Eslovênia dividirão a organização da Euro sub-21 no mesmo ano.

FONTE: GLOBO.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here